CPI da Covid-19 em Cururupu: vereador professor Josean teve seu requerimento aprovado e os recursos recebidos pelo município serão investigados.

CPI da Covid-19 em Cururupu: vereador professor Josean teve seu requerimento aprovado e os recursos recebidos pelo município serão investigados.

O vereador professor Josean  Almeida (PL), apresentou  na sessão  remota desta terça-feira (04/05) requerimento solicitando a abertura de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar o uso dos recursos recebidos pela cidade de Cururupu-MA, no ano de 2020 e inicio deste ano.  Após ser submetido a analise de seus pares, o requerimento foi aprovado, vale ressaltar que o documento foi assinado também pelos vereadores Marcos Soares, Adaildo Borges e Dr. Chico.

Os fatos que motivaram o pedido do vereador mostram que Cururupu  chegou  ao número de 1.266  casos positivos e mais 38 óbitos causados pelas complicações da Covid-19, sendo que o número  pode ser ainda maior, pois não há testagem em massa e nem todos os casos são reportados, além de ter munícipes isolados que sequer chegam a ser atendidos,  ademais  Cururupu não tem dado bons  exemplos quanto ao controle da pandemia, sem campanhas de distanciamento, sem distribuição de insumos e com constates aglomerações, na visão do vereador.

Outro fato destacado pelo vereador  é  que no último ano o Município de Cururupu recebeu quase R$ 4.000.000,00 (quatro milhões) de reais do governo federal para o enfrentamento a Covid -19, frisa-se contudo, que a gestão anterior e bem como a atual não  prestaram devidamente contas do recurso recebido, salienta-se que tal verba não destina-se somente a amparar aqueles que estão nos leitos dos hospitais, mas também se destina ao enfrentamento da pandemia, seja por campanhas educacionais, pelo distanciamento social, distribuição de mascaras, e álcool em gel, para a população carente e até mesmo com distribuição de cestas de alimentos, uma vez que um dos reflexos mais latentes da pandemia é a grave crise econômica que se instaurou no país e não diferente em Cururupu, contudo, nada além de ações sem grandes efeitos e nada substancial tem sido feito que justificassem o emprego do recurso ora recebido.

A aprovação da CPI municipal está assegurada no Regimento Interno da Câmara no  art. 55, §1°  e terá o objetivo de apurar indícios de violação de direitos fundamentais básicos de toda a população Cururupuense.  A  Comissão Parlamentar de Inquérito será composta de 5 (cinco) membros titulares e 3 (três) membros suplentes e poderá durar  90 (noventa) dias